Mostrar mensagens com a etiqueta Reabilitação Urbana. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Reabilitação Urbana. Mostrar todas as mensagens

26 novembro 2017

Os centros das cidades estão a ser reconstruídos ao ritmo de T0 e T1


A "financeirização" da habitação urbana está a impor tipologias pequenas nos prédios reabilitados. Arquitetos pedem cuidados na reabilitação e defendem que tem de ser possível regressar a estas frações quando o boom do turismo abrandar. A estratégia do Governo que está actualmente em consulta pública e preconiza uma “Nova Geração de Políticas de Habitação” defende “a promoção da reabilitação do edificado” e a dinamização “do mercado de arrendamento para fins habitacionais permanentes” nos centros urbanos.

01 novembro 2017

Instrumentos financeiros em destaque na Semana de Reabilitação Urbana do Porto


Os instrumentos financeiros disponíveis no mercado para a atividade de reabilitação urbana serão um dos pontos em destaque na V Semana da Reabilitação Urbana do Porto, que arranca na próxima segunda-feira no Palácio da Bolsa. O Governo marcará presença na abertura do evento através do ministro do Ambiente, Matos Fernandes, sendo que o presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, estará igualmente na sessão.

08 outubro 2017

ABREU Advogados inaugura escritórios de advogacia do futuro


A Abreu Advogados inaugurou oficialmente a sua nova sede a 3 de outubro, em pleno centro histórico de Lisboa, numa cerimónia que reuniu cerca de mil convidados. O projecto de reabilitação do antigo edifício dos Arquivos do Porto de Lisboa resulta de um investimento global de cerca de 13 milhões de euros, em parceria com a Fidelidade Property (promotora) e a OpenBook (projetista), transformando um espaço de tipologia arquitectónica histórica num escritório inovador redesenhado para o exercício da advocacia.

27 setembro 2017

As consultoras Worx e CBRE comercializam três edifícios na zona prime CBD


A CBRE e a Worx foram as consultoras selecionadas para a comercialização dos edifícios Marquês de Pombal 14, Camilo Castelo Branco 44 e Barata Salgueiro 37. Os edifícios Marquês de Pombal 14 e Camilo Castelo Branco 44 encontram-se em processo de remodelação integral. No edifícioBarata Salgueiro 37 estão a ser alvo de remodelação as áreas comuns e pisos livres. É de prever o fim das três obras em Dezembro de 2017/Janeiro 2018.

15 setembro 2017

Ad Quadratum Arquitectos vai reabilitar antigo Hotel das Termas de Melgaço


O projeto assume-se como uma oportunidade de resgatar à ruína um conjunto edificado de grande significado histórico para a região. O emblemático ‘Hotel do Pezo’ vai ser devolvido a Melgaço pelas mãos do Grupo Pinto da Costa & Carriço e com um projeto do gabinete de arquitectura ad quadratum arquitectos. O processo desenvolver-se-á na propriedade onde se localizava o ‘Grande Hotel do Pezo’, conjunto edificado hoje em ruínas, construído na segunda metade do séc. XIX, em propriedade autónoma, adjacente ao Parque Termal de Melgaço.

15 agosto 2017

Projeto de reconversão do edifício Palácio dos Príncipes para habitação, a cargo da Predibisa

Inserido numa das zonas mais dinâmicas da cidade, no gaveto da Rua Miguel Bombarda com a Rua de Cedofeita, surge um novo projeto de reabilitação urbana no Porto com apartamentos de tipologias de T0 a T2, distribuídos por quatro pisos e comércio com 5 lojas no rés-do-chão. A Predibisa, consultora imobiliária especializada no norte do país está a comercializar o edifício Palácio dos Príncipes. Localizado na Baixa do Porto, em Cedofeita, zona histórica,tipicamente comercial e que une a Boavista ao centro da cidade, este é um projeto de reabilitação orientado para o segmento residencial, com oferta de 19 habitações de T0 a T2 e que integra comércio, com 5 lojas no piso térreo. A localização singular do edifício, a proximidade à Baixa portuense e a qualidade do imóvel tornam este projeto arrojado e diferenciador, cuja autoria é do arquiteto Pedro Leão e promoção da Vintage Palace Real Estate Investments.

10 julho 2017

Casa nobre do século XVI na Baixa do Porto dá lugar ao edifício residencial Flores 77


Considerada uma das obras arquitetónicas de maior relevo na Rua das Flores, a antiga Casa dos Sousa e Silva é alvo de um projeto de reabilitação urbana que trará novos moradores aquela zona. O edifício que serviu de residência à família nobre portuense, os Sousa e Silva, construído no século XVI, está a ser reconvertido no edifício Flores 77. Localizado em pleno Centro Histórico do Porto, a Rua das Flores, uma das artérias mais emblemáticas da cidade, o projeto preserva um imóvel de alto valor patrimonial e que se inspira em conceitos contemporâneos de reabilitação, privilegiando o caráter histórico e aristocrático da casa e misturando-o com o luxo e o conforto da habitação moderna. A comercialização está a cargo da Predibisa, consultora imobiliária especializada no norte do país.

17 junho 2017

Alerta vermelho para a reabilitação em Lisboa


Arquitetos e engenheiros dizem que as intervenções na Baixa pombalina carecem de segurança em termos da componente sísmica. Não é de agora que arquitetos e engenheiros têm vindo a alertar para a necessidade de se reforçar a resistência sísmica dos edifícios, dada a ameaça de, a qualquer momento, se repetir uma catástrofe semelhante ao terramoto de 1755. Mas agora, com o frenesim de intervenções na Baixa pombalina de Lisboa, a situação assume uma urgência de ‘barril de pólvora’.

21 maio 2017

Privados devem aproveitar o programa Casa Eficiente para melhorarem o conforto das casas


O programa Casa Eficiente, em fase final de aprovação, vai ter um papel importante na reabilitação privada, acredita Joaquim Ferreira dos Santos, gerente da JFS, sociedade de construções. Na sua opinião, tem todo o interesse que as pessoas aproveitem os programas de apoio à reabilitação que existem e mediante algum investimento tenham casas com um maior conforto e economia térmicas. “É um programa muito importante para o setor da construção, mas especialmente para as pessoas”.

20 maio 2017

Hotel Navarras renasce mais moderno após profundas obras de renovação


Mota-Engil Turismo investe perto de 1M de euros em projeto de renovação do hotel localizado em pleno centro histórico de Amarante. O Hotel Navarras está pronto para enfrentar uma nova era. Após profundas intervenções, os interiores do hotel foram totalmente remodelados. A partir de outubro também a fachada será intervencionada para refletir no exterior a modernidade que já se vive dentro do hotel.

Benefícios fiscais para reabilitação confirmados


Benefícios previstos no Estatuto dos Benefícios Fiscais mantêm a sua vigência, incluindo intervenções na área da eficiência energética. A Autoridade Tributária emitiu a Circular n.º 5/2017 que garante a vigência, durante o ano de 2017, de diversos benefícios previstos no Estatuto dos Benefícios Fiscais, nomeadamente os relativos a bens imóveis e à reabilitação urbana.

12 maio 2017

Porto. Privados compram e recuperam edifícios emblemáticos


Em pouco mais de três a quatro anos a Avenida dos Aliados e várias artérias da cidade do Porto espelham a revolução que acontece quando há dinheiro, sobretudo privado. A renovação nesta avenida começou pela reconstrução do emblemático edifício do hotel Intercontinental. Seguiram-se outros, alguns já em fase de obras, como o edifício do ex. Comércio do Porto, a Pensão Monumental, o edifício Axa, a ex. sede do FCP, apenas alguns dos casos que em breve vão transformar a imagem desta emblemática zona da cidade.

03 maio 2017

Mais de 90% dos licenciamentos no Porto são para reabilitação


De acordo com um relatório elaborado na Câmara do Porto, em 2016 - que analisa a dinâmica urbanística da cidade desde 2012 -, as operações relacionadas com a expansão urbana (construção nova e loteamentos) representaram menos de 10% dos títulos emitidos no período de referência. Ou seja, segundo o artigo publicado no jornal Porto, e no site da autarquia, a esmagadora maioria dos processos é de regeneração urbana. Assim, no período em causa, foram registados 2299 processos de reabilitação. O documento utilizou dados provenientes da Direção Municipal de Urbanismo, do Departamento Municipal de Fiscalização, da Porto Vivo SRU, e do Registo Nacional de Alojamento Local.

AVENUE investe na reabilitação de edifícios emblemáticos de Lisboa e Porto


A AVENUE, empresa de promoção imobiliária, detida pelo fundo pan-europeu Perella Weinberg Real Estate Fund II, gerido pela Aermont Capital, prevê investir 200 milhões de euros em projetos de reabilitação urbana até ao final de 2020, estando o investimento orientado para edifícios ou terrenos localizados em zonas prime. Desde 2015, e fruto de um plano inicial de investimento de 100 milhões de euros, tem, atualmente, sete projetos em curso, seis em Lisboa e um no Porto. Os restantes 100 milhões de euros estão previstos para o triénio 2018-2020.

14 abril 2017

Lisboa. 250,3 milhões de euros em transações de imóveis no Centro Histórico


O ano passado 37% do investimento habitacional no Centro Histórico de Lisboa localizou-se no eixo Chiado-Príncipe Real. No ano de 2016, as transações de imobiliário residencial no eixo composto pelos bairros do Chiado, Bairro Alto, Príncipe Real e Santa Catarina ascenderam em 2016 a 91,9 milhões de euros, concentrando 37% dos 250,3 milhões de euros investidos neste segmento no Centro Histórico de Lisboa, segundo a Confidencial Imobiliário no âmbito do SIR-Reabilitação Urbana.

03 abril 2017

Reabilitação aumenta e expande-se a outras zonas de Lisboa


De acordo com o estudo “Lisbon Residential Brick Index” da CBRE, a falta de edifícios por reabilitar no centro histórico de Lisboa leva a expansão para outras zonas da cidade. O número de projetos de reabilitação na cidade de Lisboa aumentou em 2016, de acordo com o mais recente estudo da CBRE. Ao longo do último ano foi transacionado um número significativo de edifícios para reabilitação, incluindo dois grandes portefólios adquiridos por um investidor estrangeiro internacional, os quais integram cerca de 30 imóveis localizados em Lisboa, conclui o “Lisbon Residential Brick Index” da consultora líder na prestação de serviços para o setor imobiliário.

25 março 2017

Casas em Lisboa já atingem os 10 mil euros/m2


Estão previstos 5.780 milhões de euros, provenientes de fundos e de investimento de promotores, para projetos de reabilitação urbana e de mobilidade sustentável num prazo de dez anos. Atualmente, este é o core business da promoção imobiliária. José Mendes, secretário de Estado Adjunto e do Ambiente revelou recentemente, no âmbito do primeiro encontro do ciclo de debates sobre o Programa Nacional de Reformas (PNR), dedicado ao tema da "Reabilitação Urbana e Mobilidade Sustentável", que existem 5.780 milhões de euros, provenientes de fluidos e de investimento de promotores, para projetos de reabilitação urbana e de mobilidade sustentável num prazo de 10 anos. Dos mais de cinco mil milhões de euros disponíveis, «20% orienta-se para a mobilidade sustentável e o restante para a reabilitação urbana".

Reabilitação está a ser comandada pelo negócio imobiliário


Os especialista do património alertam para os erros que se estão a cometer na reabilitação, sobretudo com a frequente substituição de edifícios antigos por construções espalhafatosas e exibicionistas. O conceito de "reabilitação" cobre hoje uma grande diversidade de situações, em termos, por exemplo, da escala de intervenção, que pode ir desde o edifício, ou mesmo da fração, até ao bairro ou a áreas extensas do território urbano.

18 março 2017

Regeneração urbana estimula cidade do Porto


A dinamização do mercado imobiliário chegou também à cidade do Porto, tanto na reabilitação urbana como na construção de condomínios de luxo. Não é só Lisboa que está na moda. O Porto, depois de vencer pela terceira vez como Melhor Destino Europeu 2017, pela European Best Destination, é cada vez mais uma cidade obrigatória na rota dos turistas. Mas não é só no turismo que tem vindo a ganhar importância, também o mercado residencial conquistou uma nova dinâmica e a regeneração urbana é um facto consumado e em expansão.

14 fevereiro 2017

IFRRU 2020 abre concurso para seleção das Entidades Gestoras Financeiras


Decorre até ao dia 13 de março o período de apresentação de candidaturas para seleção dos instrumentos financeiros e das respetivas entidades gestoras, no âmbito do Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas (IFRRU 2020).